Dessa vez você venceu

Eu estava cansada após uma manhã longa de trabalho, até o momento que o celular tocou e você me pediu para olhar para o lado. Não consegui disfarçar o sorriso bobo, nem aquietar o coração que passou a bater mais rápido quando meus olhos contemplaram os seus. Você andava de um lado para o outro, de longe eu era capaz de sentir toda a sua agonia em querer se aproximar, mas temendo minha reação. Uma parte de mim queria ir embora, outra queria ficar, um dilema interno que a sua insistência para que eu te ouvisse mais uma vez venceu.

Sabe rapaz, eu tenho certeza que não foi fácil para você, assim como não foi para mim. Acredito que você não queria realmente ter errado comigo e que se arrepende. Hoje, eu confio em sua sinceridade e percebo em sua expressão desesperada o quanto doeu em você por sua escolha precipitada. Não estou aqui para passar nada na sua cara, só quero te dizer que eu entendo, que eu perdoo, que a cada dia eu esqueço mais um pouco. Foram madrugadas em claro, dias escuros repletos de lágrimas, dores no estômago, mas não suficientemente fortes para me matar, porém verdadeiramente duras para me amadurecer.

Quando chorei em seu ombro e você me abraçou; eu me senti novamente em casa. Dessa vez você venceu, o amor que tenho guardado no peito ainda não morreu, mesmo com medo, embora com feridas abertas ainda, não sou capaz de dizer não para os olhos que a quilômetros de distância fazem brilhar os meus. Dessa vez - mais uma vez - você me enche de coragem para tentar de novo, alimentar uma nova esperança e um futuro da maneira que sempre sonhamos. Dessa vez, rapaz, ah dessa vez eu decido ficar com meu coração aberto, pronta para nem pensar em desistir.

Dessa vez eu fico, só não permita que tenha a próxima, e novamente eu queria ir...

Share:

2 comentários