Eu te amei em cada detalhe




Fui no mais profundo dos meus limites e desacreditei do princípio do nunca vou fazer isso, nunca irei além disso. Perdoei coisas que não costumaria perdoar, fiz sacríficios que não ousava fazer. Mas de alguma forma bem louca e talvez egocêntrica, eu te amei.

Sentia-me ás vezes como um diretor de cinema, eu vi cada detalhe e me apaixonei por cada um deles. Todos eles em uma dança espontânea da vida montaram uma das fotografias mais belas das quais eu já vi.
A cena era composta por tudo.

Suas danças no carro. O vocabulário particular. Seu jeito meigo de falar palavrão. Seu jeito receoso de dizer não. Os olhos. O cabelo mais curto. O cabelo mais longo. Um filme ruim. Um filme bom. Um filme a distância. Um netflix como pano de fundo. Um pano de fundo em uma trilha sonora. As brigas que terminavam em beijos. Os beijos que geravam mais empatia. A empatia em sofrer junto. Sorrir junto. Viver junto. Correr junto. As saídas ao mercado. As coxinhas baratas. A briga pela minha boa alimentação. As provocações por ciumes. As brigas por ciumes. Os sonhos que planejamos. Os tipos de pais que queríamos ser. O tipo de casal que queríamos ser. O tipo de casal que éramos. O domingo em família. As quartas na casa da vó. O sorriso. O coque com franja. Você de boné. Você de vestido. Você de vestido e tênis. Os porta-retratos. Os momentos. Os momentos que eu colocaria num porta retrato. Nossa discussão sobre a vida dos outros. Sua indecisão sobre a faculdade. Sua paixão por Piratas do Caribe. Meu esforço em ver todos eles. A criatividade nos presentinhos. Sua percepção em me notar. Minha ignorância em achar que não estava notando. Você perder pra mim no JustDance. O macarrão com molho branco da sua mãe. O seu macarrão com molho branco. Seu primeiro jogo de futebol. Nosso primeiro jogo de futebol. Os sonhos que tínhamos. Sua mudança radical de cabelo. Eu raspar a cabeça. Nossos planos (falidos).

O cinema acontece atrás dos bastidores. E muito além do que as fotos nos contavam, haviam detalhes que somente viu que passou pelo making of desse filme absolutamente incrível porém de curta duração.
Exibido para poucas pessoas, foi um tiro no coração de cada uma delas, que como num filme de cinema amador, possui uma boa história mas deixou a desejar no final.


Sobe os créditos:
Você, a atriz principal
Eu, o roteirista por detrás desse drama.

Share:

0 comentários