A beleza de uma mulher



A beleza de uma mulher vai além do que ela própria enxerga, ou diz enxergar quando se olha no espelho. A beleza total de uma mulher deve ser analisada em toda sua totalidade e em sua habilidade de lidar com a vida de um jeito tão lindo, meigo e desbravador, de forma que, sem elas, estaríamos perdidos.

Em seus olhares conseguem dizer muito mais que um livro de José Saramago. Sem pontos e nem vírgulas, elas também sabem ir direto ao ponto. São seres objetivos e ao mesmo tempo pessoas misteriosas.

Seus cabelos carregam todos os segredos da vida e da morte e ficar brigado com uma mulher é ter sua lápide decretada. Não literalmente. Mas no coração dela.
Confiança é uma vez. Perder mais de uma, não dá.

Suas narinas contém o ar da vida. E aliás, que vida teríamos senão fosse as mulheres embelezando este mundo já tão saturado de coisas ruins?

Os lábios de uma mulher é onde mora a fonte de água. Ela pode ser uma cascata suave, uma cachoeira tranquila e leve para se banhar em suas palavras; como também pode ser uma nuvem carregada, trovejando verdades e decepções em tempos de crise. Uma mulher brava é um dos seres mais lindos de se ver.
Uma mulher de tpm é uma das figuras que eu mais tenho vontade de abraçar.
Só elas sabem o universo que carregam dentro de si mesmas.

Se um dia uma mulher odiá-lo, pobre ser é você. Afinal ganhar a confiança de uma mulher é missão aparentemente fácil. Reconquistá-la, (quase) impossível.
Elas sabem ser frias e calculistas.
Elas sabem beijar com amor e com tesão mas ao mesmo tempo podem beijá-lo sem ao menos ter a intenção de amá-lo no dia seguinte.

Amar uma mulher é um privilégio que poucos artistas tem. Ser amado por uma mulher é quase ganhar na loteria. Merece ser comemorado dia a dia com flores e poemas, serenatas e mensagens longas. Pois, o amor de uma mulher é um dos bens mais preciosos que podemos encontrar na vida. Um amor quieto, misterioso, cuidadoso com braços feito laços que te amarram a um casulo de amor.

Share:

0 comentários