A verdadeira essência


Após pensar muito sobre o casamento dos meus pais, eu finalmente entendo o que é o amor e o que ele faz com as pessoas.

Meus pais estão há 24 anos casados + 1 ano de namoro e fico boba em ver como essa mesma paixão de 25 anos atrás permanece até os dias de hoje. 

Admiro a forma como meu pai sempre se lembra do dia de aniversário deles com um lindo buquê de flores. Admiro a minha mãe que mesmo odiando ovo, prepara para ele sempre quando ele quer. 
E admiro que mesmo com o passar do tempo, o sentimento continua o mesmo. 
Com a mesma intensidade da primeira vez que se viram.

Tenho em mim, que quando chegamos a amar alguém de verdade, nunca conseguimos nos enjoar.

Essa é a essência do amor.
Você estar com a mesma pessoa durante seus dias e mesmo assim parecer que é o primeiro que se conhecem.
Quando se ama, sempre se acha uma maneira de conhecer um alguém novo todos os dias. 

Mesmo que esse alguém tenha o mesmo nome, e o mesmo endereço.



Em homenagem ao casal mais sorridente do mundo
Luis Carlos Iensen
Claudia Regina M. Iensen


Share:

1 comentários