Um café e um amor, quentes por favor.


Já dizia o poeta
Um café e um amor
Quentes por favor

Nem frio
Nem morno
Quente

Nem tente
Nem mente
O corpo sabe
A alma sente

Um café e uma dose de fé
Quentes por favor
Não tenha pudor
Tenha esperança com fervor

Talvez as pessoas tenham salvação
Talvez possuam um coração
Por isso faço minha oração
Para que prestem a devida atenção

Que toda dor
Se resolve com amor
E que toda ré que a vida dá
Se resolve com a fé

De que o passado nada de novo trará
E que o futuro é o que nos aguardará
E guardará

Um café por favor!
Com o calor e o sabor
De um mundo renovado
Com o seu povo restaurado
E amor finalmente espalhado.


Share:

0 comentários