Liberdade a dois.

Trilha sonora: 

Vejo regularmente relacionamentos irem por água abaixo. E me pego pensando: faltou liberdade a dois.
Não deposite sua felicidade em ninguém. E não deixe ninguém depositar a felicidade em você. Nós somos falhos e viver de expectativas corrói.
Antes de pular de cabeça em um relacionamento, é preciso estar bem consigo mesmo. Seja feliz, independente de qualquer pessoa e procure alguém que não precise de você para ser feliz. Quando você estiver bem consigo mesmo, você terá capacidade de fazer outra pessoa feliz. Seja feliz no singular e então você conseguirá ser feliz no plural.
Aceitar uma pessoa da forma como ela é e procurar ajudá-la a evoluir são coisas diferentes, não confunda. Você pode muito bem aceitar uma pessoa como ela é mas ajudá-la a melhorar.
Jamais mude por alguém. Se você precisa mudar por alguém, corra. Fique com alguém que te aceite como você é, da cabeça ao pé.
Seja completo e ache alguém completo. Ninguém completa ninguém, mas sim, transborda.
Não pense que por duas pessoas estarem juntas, se tornarão uma só pessoa. De modo nenhum. Cada um possui a sua individualidade, vivendo-a juntos.
Poder ser você mesmo, sem as cordas da vergonha, do passado e da aceitação, é o que todos procuram.
Poder ter amizade, amor, cumplicidade e liberdade em uma mesma pessoa, é o que todos procuram.
Todos procuram mas poucos acham.
Liberdade de ser você. Liberdade de sorrir. Liberdade de ter segurança. Liberdade de ter paz. Liberdade de confiar. Liberdade de amar. Liberdade de ser refúgio e encontrar refúgio.
Liberdade sem medo, sem moderação e sem prisão.
Quando duas pessoas livres, escolhem viver a liberdade juntos... isso é liberdade a dois.
Se prenda a liberdade de um amor livre de amarras. Meu desejo é que esta seja a única prisão que você aceite se prender. 

Você também pode encontrar este texto, em vídeo, nos links:

Share:

0 comentários