Feliz dia do amigo!






     Dia 20 de julho é comemorado o Dia do Amigo. Recebemos tantas mensagens, vídeos e textos de felicitações nas redes sociais e muitas vezes de pessoas que, nem são tão "chegadas" assim.

     Mas, dias comemorativos como este, incentivam uma caridade maior do que o normal e não necessariamente se é uma coisa ruim. Isso, se soubermos refletir e extrair ensinamentos em torno de tal realidade.

                   Vamos analisar o que a palavra "amigo" significa, segundo o dicionário?

a·mi·go
(latim amicus, -i)
adjetivo e substantivo masculino
1. Que ou quem sente amizade por ou está ligado por uma afeição recíproca a. = COMPANHEIRO ≠ INIMIGO
2. Que ou quem está em boas relações com outrem. ≠ INIMIGO
3. Que ou quem se interessa por algo ou é defensor de algo (ex.: amigo dos animais). = AMANTE, APRECIADOR

     Dentro desse conceito, podemos perceber caraterísticas como "companheiro", "defensor", "aquele com quem mantemos boas relações" e "apreciador". Companheiro, é aquele que está sempre ao nosso lado, fazendo não somente presença mas, prestando uma certa forma de apoio também. Defensor, é aquele que luta por nós e conosco. Boas relações são relações saudáveis que, gradativamente se tornam cada vez mais agradáveis e fundamentais em nossas vidas. Apreciador, é aquele que nos admira e nos incentiva sempre pois, reconhece nosso potencial.


     Se tem alguma pessoa ao seu lado que não está cumprindo com alguma das caraterísticas acima, pense bem antes de chamá-la de "amiga" pois, pode se tratar de uma mera "colegagem" e não de uma amizade genuína. Reflita se todos esses que te felicitaram no dia de hoje são seus incentivadores, defensores e companheiros fiéis. Essa reflexão te permitirá não somente fazer uma filtragem positiva em sua vida mas, também evitará futuras decepções.
Afinal, quantas vezes jurávamos que um certo "amigo" estaria ao nosso lado em todos os momentos e em nossa primeira dificuldade, ele foi um dos primeiros a virar as costas? Pois é, era um colega disfarçado de amigo.


     É necessário, também, que a reflexão seja interna. Devemos pensar "será que eu estou sendo um legítimo amigo para todos aqueles a quem eu felicitei no dia de hoje?". A amizade não é alimentada de palavras e nem de GIFs bonitinhos. O que precisamos é entender que as vezes teremos que sofrer ao lado daquela pessoa, chorar com ela e levantá-la quando ela cair. Será que estamos fazendo isso? Será que estamos dispostos a fazer?

     Falta tempo para amar, falta empenho em demonstrar, falta criatividade para levar a relação para frente... Mas devemos saber que, quando o assunto acabar, a graça está em rir um do outro, em virar um perfeito palhaço quando for necessário, em inovar para nunca ficar chato, maçante e nem virar obrigação. Porque tem amor envolvido.  E se tem amor, tem de haver persistência, ânimo, força de vontade e, evidentemente, a tal da felicidade.

     Que guardemos a verdadeira essência da amizade. Tanto para entendermos o que estamos recebendo, quanto para identificarmos a qualidade daquilo que estamos emitindo. A constante avaliação dos dois lados é importante e conta fundamentalmente na construção de uma relação sadia, e é claro: eterna.


                                                          Feliz dia do amigo!!!




"O amigo ama em todo tempo, e na angústia  torna-se um verdadeiro irmão." (Provérbios 17, 17)

Share:

1 comentários

  1. Oi, Brígida, como vai?
    Importante reflexão sobre o que significa ser amigo nos dias de hoje. Felizmente posso contar nos dedos as pessoas que são tudo isso pra mim, mas receio que muitos nunca saberão o verdadeiro sentido dessa palavra. Espero que os seus sejam tudo isso pra ti.
    Beijão,
    Isabelle Costa
    www.avalancheliteraria.com.br

    ResponderExcluir