Sobre ter esperança

Eu me pego pensando em como somos ansiosos quanto ao tempo. 

Penso que, as vezes ele é maldoso e se faz de difícil, para que possamos aprender a ter esperança.

Sempre quando me pegava reclamando da vida ou de como eu não aguentaria esperar um determinado prazo, logo me lembrava das pessoas que passam meses em meio a tratamentos em hospitais. Pensava nas crianças.

E quando me lembrava da coragem dessas crianças para enfrentar uma infância totalmente contrária, me fazia ter esperança na vida.

Há mais ou menos 4 anos atrás, o Hospital Nossa Sra. Das Graças em Curitiba fez um vídeo com pessoas e crianças que enfrentavam o tratamento de leucemia, para nos incentivar a doar medula óssea. Depois de completar esses 4 anos de intenso tratamento, refizeram o mesmo vídeo com todas as mesmas pessoas curadas.

Esse vídeo me fez lembrar que, cada um de nós tem um propósito aqui na Terra. Seja ele de arrancar o sorriso de alguém, ou seja ele de salvar uma vida.



Me emocionei com a alegria estampada no rosto de cada um. 

Me emocionei em ver que anos e anos de tratamento, não foram o suficiente para tirar deles a esperança de viver.



Afinal, esperança é isso. Não é mesmo?

É saber acreditar, mesmo quando tudo em nossa volta parece desmoronar. 
É saber que vale a pena viver.




Share:

0 comentários