Qual o seu escape da realidade?


A realidade é que: ninguém suporta a realidade por muito tempo. A realidade traz consigo: obrigações, tristezas, dores, saudades… sentimentos duros de se suportar.

Consequentemente, buscamos um escape. Buscamos um refúgio.

A realidade é que ninguém busca este escape, por realmente apreciá-lo sempre. Nem todos bebem por apreciar o gosto do álcool em si, mas sim, por apreciar a sensação que o mesmo traz. Ninguém se droga, por de fato gostar da droga, mas sim, por gostar da sensação que ela traz. Ninguém ora, por vontade própria. A oração ou prece são feitas por obrigar-se a fugir da realidade. É poder conversar com alguém, considerado o seu Deus ou a sua própria consciência. Pois convenhamos, as pessoas não nos entendem.

Não sei qual é o seu escape, mas, a realidade é que sempre buscamos um. Ou mais. Reconheço os meus.

Não conseguimos viver sozinhos e também não conseguimos viver com as pessoas. Nem sem elas. Então, como é que conseguimos viver?

A realidade traz consigo, a felicidade. Mas, sabemos que a felicidade é momentânea. São momentos vastos e rápidos. A tristeza é constante. A decepção é constante. A esperança não atingida é constante.

A realidade é que não sabemos enfrentar a realidade. Se não fomos feitos para sermos infelizes e sentirmos dor, por que é que estes sentimentos são os que prevalecem?

Continuaremos vivendo à base de escapes. Até hoje, a vida ensinou que a realidade é dolorida, mas vivível. A pergunta é: até quando? 

Share:

0 comentários