Eu confiei a ti, a minha intimidade


É tão estranho eu me preocupar tanto com a roupa que vou vestir. Me preocupar tanto com a maneira que está o meu cabelo, sendo que milhões de vezes você me disse que o preferia preso. 


É tão estranho como me preocupo para apresentar o meu a você.
Você me conhece, desde os meus medos mais bobos até os meus sonhos mais altos. E eu te permiti. Te dei a liberdade de me conhecer, de saber quem eu sou.

Lembro que inúmeras vezes você tocou a campainha e eu desci correndo as escadas (nem me importando estar de pijama), com medo de você pensar que eu havia dormido. Tínhamos uma intimidade só nossa. Coisa que só eu e você entendemos.

Poucos sabem, mas eu sempre me resguardei quanto a assistir um filme com alguém, porque eu sei a chorona que vive em mim. Mas, você me viu. Me viu chorar até soluçar em filmes bobos, como Batman x Superman.

E agora é tão estranho eu me preocupar tanto com isso, sabendo que você já me conhece, desde os meus dias de pijama até os jantares caros em que me levava. 


E esse é um segredo só nosso. 

Eu confiei a ti, a minha intimidade.

Share:

0 comentários