Sim, quero.


Eu quero você. Sim, euzinha, a senhora sem coração. Quero você. Com todos os seus defeitos e manias. Mesmo com o teu signo não combinando com o meu. Tudo bem, acontece.
Eu sei que lendo isso, você nem vai acreditar. Aliás, você nunca vai ler isso, porque eu nunca vou te enviar. Na verdade, eu nem quero. Digo, nem quero enviar. Você, eu quero sim. Confuso, claro. Não poderia ser diferente vindo de mim. Minha mente é assim na maioria do tempo. Eu não sei ser certinha e, muitas vezes, nem sei ser sensata. Eu vivo com a cabeça nas nuvens e não me lembro de alguma vez ter agido com os pés no chão. Não sei, só queria deixar registrado aqui: tu é especial. Mesmo sendo doidinha de pedra, senti algo bom em você. E meu coração quase derreteu. Quase, porque você sabe, eu não sou lá tão sentimental assim. Reafirmando, eu quero você. Mesmo sem tu saber.

Share:

0 comentários