Antes de mais nada



Tudo é um compasso com batidas infinitas que batem marcando um passo a passo que só cada um vai poder compreender seu próprio ritmo.

Feliz até depois disso, estamos envolvidos nessa dança da vida, sem sentido em que só procuramos uma boa profissão e alguém para amar. Talvez ninguém seja tão diferente assim. Alguns só se tocaram que a riqueza está no simples, nas palavras nos abraços e nos eu te amos e não nas notas de cem reais.

Talvez ainda as melhores sensações são as músicas escondidas que quase ninguém conhece, que talvez estejam nos meus, nos seus cadernos esperando um momento especial para desabrocharem como flores na primavera.

Tudo é um movimento no vazio se não há coração no que se faz. Eu coloco meu coração nas minhas palavras e isso me torna mais onipresente. Estou agora exatamente onde você está e espero fazer boa companhia.

Espero poder ser a chuva que refresca no verão e a lareira que esquenta no inverno. Nossa alma também passa por quatro estações e ás vezes somos inconstantes assim como o aquecimento global nos graus celsius.

Não quero me limitar. Mude de opinião sobre mim, não me deixe ser um ícone na sua lista e apenas mais um na sua lista de contatos. Mude de opinião sobre meus poemas e me sinta como mais do que apenas alguém se eu for mesmo algo para você mais do que ninguém.





Lucas Iensen

Share:

0 comentários