Fale o que sente, cale o que não consente


Não diga que sente se não sente.
Não diga que sente quando não sente.
Diga que sente apenas se sentir.
Mas não sinta por não ter dito.

Não diga que sente falta se não sente.
Não diga que ama quando não ama.
Não diga que quer quando não quer, mas diga o que quer

Diga o que precisa dizer. 
Não guarde as palavras, elas foram feitas para serem ditas. Da mesma forma que a alma e o coração foram feitas para senti-las, sem ti elas não fazem sentido. 

Diga, mas não minta. 
Diga, mas não crie verdades. 
Verdades são verdades e não precisam ser criadas. Se precisam ser criadas, são então falácias.

Não diga que sente se não sente.
Não diga que sente quando não sente.
Diga que sente apenas se sentir.
Mas não sinta por não ter dito.
E se disser sem sentir, sinto muito por você.

- Amanda Trevisani

Share:

0 comentários