Que seja um céu cheio de estrelas


Por certo, mais um ano se inicia. 
Voltamos de novo para o início de tudo, onde todos os sonhos criam forças para recomeçar.

Parece meio bobo, mas temos sempre o mesmo costume de criar planos, sonhos e desejos para que a magia dos começos nos faça acreditar que esse ano será diferente.

Essa é a magia do Ano Novo, não é mesmo? É fazer você agradecer por todas as tempestades que houveram no ano que se deixou. Seja as que você consegui dançar na chuva, ou aquelas em que temeu por estar só.

2017 foi um ano cheio. Cheio de surpresas.
E para uma menina como eu que se escondia atrás de cronogramas e planejamentos com medo das mudanças, 2017 surpreendeu.

É incrível como todo início de livro nos fascina. Nos causa curiosidade para continuarmos lendo. E assim, mergulhamos em meio á história. Choramos, perdemos a cabeça, nos agarramos em personagens errados, vemos graça em piadas mal feitas, e nos seguramos para que o livro nunca termine.   

E esse é o meu desejo para 2018. Que seja o livro que você nunca se cansa de ler, aquele que fica á mostra em sua prateleira para que nunca se esqueça de como foi uma boa viagem.


Desejo, que seja um céu cheio de estrelas.  


Share:

1 comentários