Quando você se foi


Quando você se foi, mudei toda a decoração da casa. Troquei o sofá e a mesa de lugar. Troquei as fotos dos porta-retratos e dei para a vizinha alguns vasos de flores.

Joguei fora os lençóis que costumávamos deitar e os tapetes que sentávamos para nos abraçar. Troquei os quadros de parede e os livros das prateleiras. 

Mudei o rádio de estante e doei alguns discos das nossas bandas preferidas. Ele não tocava mais a nossa música, afinal, ela não era mais nossa.

Tinha de ver, não havia nenhum rastro de memória.

Quando você se foi, mudei toda a decoração da casa. Esqueci apenas que o lar da mente ainda abrigava tuas lembranças. Eu tentei te esquecer por fora, mas tive de aceitar que o teu eu ainda estava presente dentro de mim. Cabia ao tempo me ensinar a jogar as cinzas de um amor morto no passado.

Quando você se foi, eu decorei a casa. 
Mas no fundo, tudo o que eu queria fazer era queimá-la.

- Amanda Trevisani

Share:

0 comentários